Rede Abelha

Loading...

Videos Angoleiros

Loading...

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

ODOYÁ!

Há dias venho tentando escrever umas linhas a respeito da festa do dia 2 de fevereiro, dedicada à mãe Yemanjá. Quem acompanha um pouco da historia do Grupo Nzinga em Salvador, sabe que nós estamos inseridos numa comunidade remanescente de kilombolas chamada de Alto da Sereia, reconhecida pelo ministerio das cidades como tal. Localiza-se entre Ondina e Rio Vermelho, bairros de classe media na orla maritima de Salvador. Fica a 500 metros de onde acontece essa maravilhosa festa, uma das maiores e com mais forte apelo religioso que acontece aqui em Salvador. É uma comunidade que tem na atividade de pesca um de seus traços identitarios. Pois bem, há 5 anos estamos realizando no dia 2 de fevereiro, no dia da festa no mar, evento em louvor à Yemanjá. Neste dia acontece primeiramente, a roda de capoeira, que tem como diferencial o fato de os/as capoeiristas não necessitarem usar seus respectivos uniformes, resgatando um pouco do espirito da antiga vadiação, onde se jogava com a roupa que se usava na festa. Destaco as participações dos mestres Valmir e Caboré. Além da presença tambem do mestre Renê, com o samba de roda  Este ano, alem dele, estiveram conosco o Samba Gia, dando um tom especial ao encontro sambistico. Concomitantemente, sempre rola uma gostosa feijoada feita pela melhor "feijoadeira" que eu conheço, a Nalva, a mesma da caixa da panela de pressão citada em postagem anterior. Este ano, entregamos o presente à mãe d'aqua de barco, logo nas primeiras horas do dia. O piloto do barco foi Fulaninho, assessorado pelo povo do nzinga são paulo. Odoyá!