Rede Abelha

Loading...

Videos Angoleiros

Loading...

sábado, 2 de março de 2013

Sexta Roda

A sexta roda foi logo depois do carnaval. Ainda tínhamos algumas pessoas dos outros nucleos Nzinga por aqui. Mas, por outro lado, muitas outras pessoas ainda não tinham retornado de suas viagens onde fugiram do carnaval. Foi boa porque marcou o retorno das nossas atividades e esse é sempre um momento legal. O ano está apenas começando...

Quinta roda

A nossa quinta roda aconteceu extraordinariamente numa quarta feira, exatamente a que antecede o inicio do carnaval, na quinta feira. Já registrávamos as presenças de muitos do Nzinga São Paulo e alguns do Nzinga Bsb, que vieram para a festa momesca. Só por isso, já tivemos um clima especial. Algumas pessoas já estavam desde o dia 2 de fevereiro, que foi um evento maravilhoso, com muitos amigos e amigas que abrilhantaram a festa e a roda. Os mestres Valmir (Fica), o mestre Márcio (Gcap), o mestre Boca do Rio (Zimba) e o Contra-mestre Pezão deram um tom especial à festa. A Plateia maravilhosa também fez a diferença! Uma coisa que foi diferente nesse 2, foi a presença das mulheres comandando o samba na cantoria e os jovens e crianças nos instrumentos. Foi demais de diferente e foi maravilhoso! A nossa roda do dia 2 de fevereiro se propõe a resgatar um pouco do espírito da vadiação de antigamente, onde o uso do uniforme é dispensado e as pessoas comparecem exatamente como vão para festa de largo. Assim como aconteciam com os estivadores  no porto de Aratu, enquanto esperavam os navios chegarem para ganhar a féria do dia descarregando-os. A que fazemos não é uma roda na rua. Outras rodas acontecem neste dia na rua! Elas também são importantes. A parte espiritual desta festa, a cada ano ganha um carater especial para nós, graças a importante colaboração do Taata Kwa Nkisse Mutá Ymê que zela por todos e pelo grupo. Com entrega de presentes no dique de água doce e no mar de água salgada. Tudo perfeito!