Rede Abelha

Loading...

Videos Angoleiros

Loading...

quinta-feira, 8 de março de 2012

A cor de um olhar!

Outro dia, semana passada, trabalhando durante a tarde, vi a lua. Parecia tão sem segredos ou mistérios que cheguei a pensar que não fosse ela mesma. Musa inspiradora de tantos amores e poesias, tava sem vaidades naquela hora. O calor tava infernal e o transito limitava a minha inspiração. Voces já ouviram falar que a gente sempre vê a mesma face da lua? Pois é, já ouvi isso... São Jorge do jeito que é esperto, foi dar uma rolé na outra face , no lado escuro, em busca de aventuras mais frescas. Falando assim da lua, faz-me lembrar da fabula  de um senhor sentado a beira da estrada, na entrada de uma cidade, sob a sombra de uma grande arvore quando um visitante encosta o carro e lhe pergunta: Senhor, como é esta cidade ai? O velho antes de responder àquela pergunta, indaga ao visitante: primeiro me diga como é o lugar de onde voce está vindo e só então te responderei. O visitante lhe responde então que o lugar do qual está vindo é muito bom e que deixou excelentes amigos lá... o velho então lhe revela que aquela cidade é exatamente assim e que ele fará grandes amizades e será um temporada maravilhosa. Muitas vezes as virtudes ou a falta delas está apenas no “olhar".

Nenhum comentário: